Consumo consciente

Compras x culpa

No grupo sobre armário-cápsula que participo no Facebook e também conversando com minhas amigas percebo o quanto o ato de comprar constantemente vem ligado à culpa. Posso falar por mim. Por mais que eu esteja mais consciente sobre as minhas escolhas sempre que compro alguma coisa fico pensando se realmente precisava, se vou usar de verdade, se valeu a pena investir meu tempo e meu dinheiro naquilo e acabo me culpando.

Com a gravidez tive que comprar algumas coisas: um sutiã maior, duas calças mais confortáveis, alguns vestidos. Pois é, mas sempre acho que acabo exagerando e que não estou dando prioridade para o que realmente vou precisar. Falei nesse post aqui que iria comprar somente quando estivesse precisando (e foi o que aconteceu, a minha barriga cresceu e minhas roupas estão ficando inviáveis hehe), mas mesmo achando que preciso, me sinto um pouco culpada por estar gastando em roupas quando vou ter que comprar tantas coisas para o Valentin…

Eu sei que pode parecer bobagem, mas é assim que me sinto. Gosto de me sentir bonita, arrumada, e acho importante me sentir segura na gravidez, por isso preciso parar de me culpar. Mas ao mesmo tempo gostaria de ficar satisfeita com o que já comprei e parar de querer comprar tudo o que vejo pela frente! Parece que quando a gente abre a carteira fica difícil de fechar, vocês já sentiram isso?

Quando compramos uma coisa, nem sentimos as outras que vem na sequencia. Se torna um costume.

O fato é que preciso focar novamente – e uma coisa que recomecei a fazer para ajudar nisso é anotar tudo o que gasto numa lista. Mas tudo mesmo. Desde o almoço, o cafezinho, o remédio, o supermercado. Isso ajuda e muito pra gente ver no que estamos gastando e assim poder ter mais consciência no próximo mês. Eu anoto a data, o que comprei e o valor. No fim do mês vou fazer uma análise do que gastei e em que posso reduzir. Vamos ver se funciona.

Outra técnica que aprendi, mas ainda não estou fazendo, é sempre que você encontrar algo que queira comprar anotar em uma lista de desejos com o valor. No final de um mês reveja a lista e analise se você ainda quer aquilo. Ver o quanto você economizou pode dar ainda mais prazer do que de fato ter comprado.

Outra ideia é fazer uma meta ou desafio como: não comprar por um mês ou usar de 5 formas diferentes uma determinada peça. Tudo isso pode ajudar a tirar a vontade de comprar da cabeça e, assim, deixar a culpa de lado.


E vocês, costumam se sentir culpados depois de uma compra? 

8 Comentários

  • Reply
    Simone
    16 de março de 2016 at 14:02

    “Ver o quanto você economizou pode dar ainda mais prazer do que de fato ter comprado”
    Amei essa frase…exatamente como me sinto!! Prazer enorme conseguir economizar.

  • Reply
    Amanda Almeida
    16 de março de 2016 at 19:53

    Oi Nati, tudo bem?
    Te entendo, e meio que estou em situação parecida no que se refere a sentimento de culpa pós compra. Você pelo menos tem um motivo justificável. Mas flor faça o que for melhor pra você, e coloque tudo o que aprendeu em prática, uma das suas dicas até vou adotar. Acho que vou comprar uma caderneta pra anotar todas as minhas compras pra poder fazer um balanço no fim e tentar dar uma diminuida nas compras desnecessárias.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    • Reply
      Nati Grazziotin
      18 de março de 2016 at 11:32

      É, eu sei que não posso me sentir tão culpada, mas a gente sente, e precisava compartilhar isso com vocês :)
      Isso, essa técnica de anotar tudo faz um bem danado, me deixa com mais foco!
      Beijo!

  • Reply
    Carmela
    21 de março de 2016 at 13:19

    Oi Nati,
    depois que conheci o “ser minimalista” minha visão sobre as coisas e, consequentemente, sobre a vida mudou bastante.
    Eu uso bastante essa técnica de anotar tudo que gasto, desde o clorets até os de maior valor. Fiz uma tabelinha no excel, por categorias (por ex.: beleza, automóvel, presentes e etc), e uso há bastante. Ajuda muuuuito a ver por qual gargalo o dinheiro está saindo. Quis compartilhar isso contigo, já que tu me auxiliou muito ao dividir tua experiência com o armário cápsula.
    Beijinhos pra ti e pro Valentin.
    Ótima semana.

    • Reply
      Nati Grazziotin
      22 de março de 2016 at 10:57

      Isso de ter tudo na ponta do lápis ajuda e muito né Carmela? Tô tentando esse mês, o problema é a disciplina para anotar tudo! Até tentei um aplicativo no celular, mas não me adaptei… Quero e preciso ser mais organizada nas finanças ;)
      Obrigada! Beijinhos

  • Reply
    Ana Paula
    25 de junho de 2016 at 10:53

    Sou controlada, no entanto também me.sinto assim quando compro algo. Estipular metas é bem motivador e a idéia de anotar os itens na lista de desejos para refletir é bem interessante! Vou fazer!
    Bois

  • Deixe o seu comentário...