Armário-cápsula

Como construir um armário-cápsula: passo a passo

Legal. Agora que já conversamos sobre o que é um armário-cápsula que tal esmiuçarmos o processo para criar um? Neste post eu mostro os 6 passos que usei para criar o meu primeiro guarda-roupa cápsula, o de inverno. Vamos começar?

1. Crie um conceito: Defina seu estilo para a próxima estação.

Pesquise tudo que inspira você e coloque em um só lugar: o Pinterest é um bom amigo nessas horas. Lookbooks, catálogos de marcas que gosta, Instagram, sites de street style também são bons aliados.

Depois de selecionar muitas imagens de inspiração, procure por temas. Visualize ali qual estilo mais tem a ver com você no momento. Escreva uma lista de peças que se repetem nas referências. As cores que mais aparecem. As texturas, as combinações de peças, tendências e truques de estilo.

Traduza isso em adjetivos, não precisa se explicar muito, desde que faça sentido pra você. Por exemplo: urbana, industrial, etérea, romântica, punk, etc.

2. Pense no seu uniforme. Aquela roupa que você sempre acaba pegando de manhã na hora de se vestir. Ele vai te ajudar a delimitar o número de peças que transitará no seu armário. Por exemplo, no caso de um guarda-roupa de inverno: calça skinny, camiseta, cardigan aberto, casaco por cima e uma ankle boot.

É importante saber o seu uniforme porque serão as peças que terão em maior quantidade no seu armário. Aquelas que você vai usar mais. Por isso é crucial ter mais versatilidade entre elas. Por exemplo, continuando no caso acima: Ter mais opções de calças skinny, camisetas, cardigans, casacos e ankle boots. Esse é o seu uniforme, portanto são as peças que mais terão “saída” no seu dia-a-dia.

Uma boa dica é fazer boards no Pinterest com as inspirações separadas por estações. Ter inspirações para looks de inverno, primavera, verão e outono, separadamente. Assim, na hora de fazer o seu próximo armário-cápsula você já vai ter uma ideia mais concreta do que vai querer vestir na próxima estação. Quais serão as peças-chave, a paleta de cores, etc.

3. O próximo passo é pensar em outras combinações que você quer adotar, além do seu uniforme. Por exemplo, no caso do inverno: Saia + meia-calça + camisa + tricô + botinha ou calça skinny + camiseta + casaco + slip on ou calça + tricô + cachecol + sapatilha ou saia + meia-calça + scarpin + tricô + casaco. Pegue suas referências no Pinterest e vá “dissecando” os looks.

4. Agora, estime quantas peças você vai precisar por categoria, neste caso:

Calça skinny (uniforme) – 5

Camiseta (uniforme) – 5

Cardigan (uniforme) – 2

Casaco (uniforme) – 4

Bota (uniforme) – 3

Saia – 4

Camisa – 2

Tricô – 2

Cardigan – 2

Slip On – 1

Sapatilha – 2

Scarpin – 2

Lembre-se que esses números são só uma estimativa, na prática um ou outro item pode ser retirado ou adicionado. A questão aqui não são os números e sim, um exercício na busca do seu estilo pessoal. Compreender o que de verdade você precisa e o que está faltando no seu armário, de acordo com o seu estilo de vida e suas combinações preferidas.

A ideia do armário-cápsula não é exata. Conforme formos entendendo nosso estilo, vamos conseguir mensurar mais precisamente o que faz mais sentido estar no nosso armário.

5. O próximo passo é encarar o seu armário e separar ali as peças que mais definem o estilo que você trabalhou até aqui. Retire as peças que não vai usar nessa estação e guarde. Venda ou doe as peças da estação que você não vai usar no seu armário-cápsula. Pense bem, se você não vai usar nesse inverno, por exemplo, imagine se vai querer usar no próximo? Provavelmente não. A ideia aqui é viver com menos e ter um guarda-roupa que faça mais sentido na sua vida.

Na hora da seleção tenha em mente a paleta de cores que você vai querer usar. Não adianta ter aquela saia linda laranja se na sua paleta de cores o laranja não combina. Por isso é tão importante esse exercício. Sabendo exatamente o que tem no seu guarda-roupa – que estilo tem mais a ver com você no momento e que cores o seu armário transita – na hora de comprar algo, você terá muito mais consciência se realmente precisa daquilo ou é só impulso e emoção.

Vamos pegar como exemplo o meu armário-cápsula. Minha paleta de cores para o inverno 2015 transitava entre o preto + branco + cinza + rosa + rosa claro + verde militar.

A ideia é ter mais peças neutras, e poucas em rosa, rosa claro e verde militar. São tonalidades que eu defini através das peças que mais amo no meu guarda-roupa e queria usar e das minhas referências que selecionei no Pinterest. Todas as peças conversam entre si e tive muita versatilidade pra usar todas elas.

6. O próximo passo é organizar as peças e verificar o que precisa ser consertado e comprado. Sim. A ideia aqui é viver com menos, mas depois de todo esse exercício de auto-conhecimento do estilo pessoal, no final das contas, em alguns casos, percebemos que não temos certas peças básicas que vão nos ajudar a compor looks mais facilmente e com menos dor de cabeça.

No meu caso, por exemplo, tive que comprar mais cardigans. Aqui no Sul faz frio e não tinha peças em cores neutras que me ajudassem a montar looks mais coerentes com o meu estilo. O meu Superga cinza estava super surrado então coloquei na minha listinha. Você tem que pensar quais peças vão fazer a diferença no seu guarda-roupa. Mas sempre tenha em mente que a ideia do armário-cápsula é comprar menos, só o essencial pra ser feliz.

Este foi o meu primeiro armário-cápsula | Inverno 2015 (Junho a Setembro)

Em itálico estão as peças que precisei comprar:

Calças

Saias

Casacos

Suéters

Camisas

Camisetas

Sapatos

1 jeans destroyed

1 preta assimétrica

1 lã pied de poule

1 grafite

1 preta

1 branca

1 Superga Branco

1 jeans branco

1 evasê preta e branca

1 preto longo

1 cardigan branco

1 jeans

1 preta

1 Converse/slip on de oncinha

1 jeans azul claro

1 lápis preta e rosa claro

1 lã rosa claro

1 cardigan preto

1 cinza mescla

1 tênis nude com metal

1 couro preta

1 verde militar

1 cinza mescla moletom

1 branca grafismo

1 sapatilha cinza

1 jeans preta

1 rosa

1 sapatilha preta

1 listrada

1 scarpin preto

1 bota preta salto médio embutido

1 bota preta OTK flat

1 bota nude com franjas

1 scarpin nude

Conforme a minha listinha, precisei comprar:

1 cardigan branco

1 cardigan preto

1 camiseta listrada

1 Superga branco

Total: 34 peças.

Lembre de comprar peças que tenham uma boa qualidade, já que terá que conviver com elas (e lavar uma quantidade de vezes considerável) por pelo menos 3 meses. Prefira tecidos naturais, confira isso na etiqueta. Camisetas de algodão, por exemplo, duram muito mais com bom aspecto.

Depois que você tiver todas as peças reunidas, comece a se divertir com elas. Pense em formas de usar, combinações diferentes para diferentes ocasiões: trabalho, cinema, jantar, uma festa mais informal, etc. Fotografe os combos que você mais ama para aqueles dias sem inspiração. Que tal usar sua própria referência para um look futuro?

No próximo post eu te conto como foi a minha experiência nesse primeiro armário-cápsula – minhas impressões, se enjoei, se consegui ficar sem comprar e muito mais!

Que tal aproveitar o final de semana e começar a planejar o seu AC de primavera?

19 Comentários

  • Reply
    Quelen
    25 de setembro de 2015 at 21:39

    Nati!!!! Ótimas dicas.Esse armário-capsula é tudo de bom!!!! Parabéns pela página! Sucesso :)

  • Reply
    Luana Scortegagna
    25 de setembro de 2015 at 23:45

    Adorei amiga! É inspirador. Vou começar a pensar na ideia e se conseguir te conto! Por enquanto vou te acompanhando aqui e aprendendo e trabalhando isso interiormente primeiro…rsrsrs…Bjos…

    • Reply
      Nati Grazziotin
      26 de setembro de 2015 at 14:18

      Que bom que gostou amiga! Muito importante saber a tua opinião :)
      Isso, é bom trabalhar internamente primeiro, pra ver se isso faz sentido pra ti.
      Espero te inspirar mais e mais com os posts! Beijos!

  • Reply
    Fernanda Brugnera
    26 de setembro de 2015 at 01:24

    Nati! Estou super fascinada com este blog! Tô amando e colocando em prática também!

    • Reply
      Nati Grazziotin
      26 de setembro de 2015 at 14:21

      Oba, que legal, Fer! É bom aproveitar que está de mudança pra já ir desapegando de coisas que não usa mais e não te faz sentido manter. Ficar somente com o se ama traz uma leveza muito boa. Sem contar na facilidade de organizar e limpar a casa ;) Beijos e te espero mais vezes por aqui!

  • Reply
    Babe
    10 de outubro de 2015 at 02:51

    Sensacional! Anos luz na frente! Pessoas decididas inspiradoras e inteligentes fazem isso! Amei!

    • Reply
      Nati Grazziotin
      10 de outubro de 2015 at 13:41

      Aiii que comentário mais lindo Babe! Sério, tudo isso faz ainda mais sentido quando leio retornos assim. Um beijo, de coração! Bom feriado ;)

  • Reply
    Toda básica – Camis Closet
    21 de janeiro de 2016 at 16:57

    […] armário cápsula. Para quem quiser saber um pouco mais, vou listar aqui os links que andei lendo: Como construir um armário cápsula, Lições que aprendi com o meu primeiro armário cápsula, Armário-cápsula! e esse link ótimo […]

  • Reply
    Juliana Costa
    23 de janeiro de 2016 at 14:46

    Oi! sou bem nova nisso de armário cápsula e apaixonada pela idéia. tenho procurado referências e adorei o seu site.vou seguir no insta também;) tenho 2 dúvidas: como inserir um pouco mais de cor no armário? e como usar as roupas em diferentes ocasiões? tenho mania de separar as roupas para o trabalho, faculdade, lazer. ..

    • Reply
      Nati Grazziotin
      25 de janeiro de 2016 at 12:35

      Oi Ju! Seja bem-vinda :) Você me deu duas ideias de posts! Mas já saiba que é possível sim usar cor, mesmo com poucas peças. E que escolher peças versáteis é a chave para ela transitar por diferentes ocasiões. Fica de olho no blog! Beijo

  • Reply
    Patricia Souza
    6 de junho de 2016 at 11:53

    Adorei, vou começar a colocar em prática, tenho um problema com espaço e minhas peças não se combinam entre si, é sempre uma dor de cabeça na hora de montar um look!

    • Reply
      Nati Grazziotin
      6 de junho de 2016 at 15:44

      Que bom que gostou, Patricia! São dicas bem práticas e que vão facilitar a sua vida, com certeza. Bjos

  • Reply
    Luana
    8 de agosto de 2016 at 10:06

    Nat,

    Adorei tudo!! Vou seguir suas dicas com certeza.

    :)

  • Reply
    Valquíria Dafre
    15 de setembro de 2016 at 07:24

    Parabéns! Muito didático, estou aderindo ao armário cápsula e esta matéria foi a melhor em minhas pesquisas. Bjs

    • Reply
      Nati Grazziotin
      16 de setembro de 2016 at 08:54

      Coisa boa de se ler, Valquíria! Muito obrigada pelo feedback ;)
      Bjos e boa sorte na sua caminhada!

  • Reply
    Gabriela
    30 de março de 2017 at 11:44

    Muito bom Nati! Obrigada por compartilhar isso tudo. Já tinha dado uma espiada nesse post ano passado e tentado aderir, mas não consegui, hoje voltei e já fiz uma limpa nas roupas aqui. Sou daquelas que “nunca tem roupa”, mas botando tudo pra fora me apavorei na quantidade, tantas coisas desnecessárias que acabamos comprando…com esse balanço fica muito mais fácil consumir com mais consciência! Parabéns pelo blog :)

    • Reply
      Nati Grazziotin
      30 de março de 2017 at 19:55

      Que bom que ajudou a te inspirar, Gabi!
      É bem assim que a gente se sente mesmo, quando começa a tirar as roupas que não usa mais…
      Muito obrigada pelo comentário e pela visita ;)
      Beijos

    Deixe o seu comentário...